terça-feira, 28 de dezembro de 2010

(SP)Polícia apreende 23 veículos de quadrilha de roubo de cargas

Dez pessoas foram presas em operação deflagrada em Araçatuba.
Criminosos estariam envolvido em mais de 30 assaltos.

Em operação, a Polícia Civil de Araçatuba, a 530 km de São Paulo, apreendeu 23 veículos que pertenceriam a uma quadrilha especializada em roubos de cargas e caminhões.

Policiais civis cumpriram mandados de busca e apreensão para tentar encontrar os veículos que teriam sido comprados com dinheiro da quadrilha. O grupo comandado por um comerciante de Araçatuba estaria envolvido em mais de 30 assaltos e pelo menos um latrocínio, roubo seguido de morte.

Ele é o dono de uma chácara, avaliada em R$ 150 mil. No local, havia carros e motos. Ao todo, 23 veículos foram apreendidos. A chácara seria apenas um dos bens obtidos com o dinheiro do crime. Ele foi preso em outubro acusado de chefiar uma quadrilha que atuava nas estradas do interior paulista.

Na semana passada, uma lancha avaliada em R$ 300 mil e três jet-skys também foram apreendidos. Investigações feitas pela Polícia Civil mostram que o bando comprava e revendia veículos para lavar dinheiro. Até agora, dez pessoas foram presas em Araçatuba e em Pirapozinho, na região de Presidente Prudente, onde as investigações sobre a quadrilha começaram há seis meses.

Ainda de acordo com a polícia, os bandidos usavam oficinas para adulterar as características dos caminhões roubados. As investigações revelaram que, muitas vezes, nem mesmo os donos das oficinas sabiam o que estava sendo feito no local. Garagistas de Araçatuba também teriam comercializado carros da quadrilha sem saber a origem dos veículos.

A polícia ainda está apurando até que ponto esses comerciantes tinham conhecimento do esquema de lavagem de dinheiro. O chefe da quadrilha é acusado de receptação de caminhões e adulteração de veículos.

FONTE:G1 SP

Postar um comentário