terça-feira, 28 de dezembro de 2010

(PA/MA) Polícia Civil recupera carga roubada e desarticula quadrilha em Paragominas

Polícia Civil recupera carga roubada e desarticula quadrilha em Paragominas

INTEGRANTES DO BANDO

INTEGRANTES DO BANDO

A Polícia Civil desarticulou, após quatro meses de investigações, uma quadrilha interestadual, composta por 10 bandidos, a maioria deles residente  no Maranhão. Eles são responsáveis por roubos de cargas de transportadoras nas rodovias BR-222 e BR-010. Além dos assaltantes, armas e mercadorias foram apreendidas. Dois receptadores das cargas roubadas também foram presos. Os presos por envolvimento nos roubos são Washington Genoário dos Santos, de apelido “Baiano”; Francisco Lima Sales, conhecido por “Marcelo”; Fábio Ribeiro dos Santos; Cássio Cherry, conhecido também por “João Gualberto”; Tiago Pereira de Carvalho, de apelido “Magro”, e Raimundo Nonato de Jesus Crispim, conhecido por “Cachapa”. As prisões foram realizadas em Paragominas, nordeste do Pará.

Já Raimundo Nonato Pereira de Souza e José Vieira Bonfim, dono de farmácia, foram autuados em flagrante por receptação. Nos estabelecimentos de propriedade deles, parte das mercadorias roubadas foi encontrada. Pelo menos, quatro roubos contra veículos de transporte de cargas foram cometidos pelo bando. Um dos roubos foi contra a Distribuidora Tocantins, em julho passado, quando os bandidos roubaram gêneros alimentícios em um caminhão, na BR-222, à altura do quilômetro 40, entre os municípios de Dom Eliseu e Rondon do Pará. A partir desse crime, a Polícia Civil deu início às investigações para tentar identificar os bandidos.

Em 27 de outubro passado, a quadrilha roubou uma carga de cigarros que era transportada em um caminhão. O veículo foi abordado na estrada e o motorista foi obrigado a sair da pista e entrar em uma estrada vicinal. Lá, ele foi feito refém e os bandidos roubaram toda carga. As investigações mostraram que parte dessa carga foi vendida em Paragominas. No dia 30 seguinte, o bando praticou mais um assalto. Agora, o alvo foi um caminhão de uma firma de sucatas de cobre e de peças de motores elétricos. Durante o assalto, o veículo, um Ford F4000, cor prata, foi roubado e levado ao Maranhão, onde foi vendido.

WASHINGTON DOS SANTOS

WASHINGTON DOS SANTOS

RAIMUNDO CRISPIM

RAIMUNDO CRISPIM

Superintendente da Polícia Civil em Paragominas, o delegado José Ricardo Oliveira informou que, nos dois assaltos anteriores, os bandidos usaram o mesmo carro, um Pólo Sedan, de placa NFX 5112. O veículo foi roubado em 5 de outubro deste ano, em Xinguara, sul do Pará. Já em 2 de novembro passado, o carro foi apreendido por policiais, em Ulianópolis, cidade no nordeste do Estado.

A quadrilha também é responsável por outro assalto, contra a Transportadora Ramos, em 26 de novembro. No crime, os bandidos roubaram 50 caixas de correntes de motores para motosserra, confecções, TVs de LCD e calçados. Parte da carga foi encontrada, por policiais civis de Paragominas, na terça-feira passada, escondido no meio de um matagal, na BR-010, no município. Outra parte da carga estava com os receptadores. Dos presos, Francisco Lima Sales e Fabio Ribeiro dos Santos já estiveram presos antes, em Dom Eliseu, por porte ilegal de armas de fogo, já que foram flagrados com duas escopetas calibre 12. Tiago e Cássio são foragidos de Justiça por roubo. Outro preso, Raimundo Crispim, é foragido do Estado de Goiás, onde responde a processo criminal por roubo de carga. Ao ser preso, o preso “Cachapa” tinha em casa baterias furtadas do projeto de reflorestamento da empresa Vale, em Ulianópolis, foram apreendidas. Assim, ele vai responder também por furto. Ao todo, o bando responde em quatro inquéritos por roubos na região. Outras investigações serão realizadas para apurar mais crimes cometidos pelos bandidos.

FONTE: POLICIA CIVIL DO ESTADO DO PARA

Postar um comentário