quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

(SP) Empresário troca tiros com bandidos na Vila Fani

Homens armados entraram atirando numa transportadora de cargas durante suposta tentativa de assalto, na manhã de ontem, na Vila Fani. O proprietário da empresa teria reagido à ação. Ele foi ferido com um tiro na perna e conseguiu acertar um dos marginais, que fugiu com a ajuda dos comparsas.
Testemunhas relataram que dois homens - um deles encapuzado - chegaram atirando, por volta das 10h, na frente da transportadora, na Rua Major Vicente de Castro, esquina com a Rua João Nogarolli.

Cogitou-se que os marginais pretendiam roubar uma caminhonete Nissan Frontier do proprietário da empresa, porém os relatos dão conta que a dupla chegou disparando com pistola calibre 9 milímetros e não deu voz de assalto.

Invasão
"Eles chutaram a porta de vidro e entraram atirando. A impressão que dá é que eles vieram para matar mesmo", disse a mulher de Vardevino dos Santos, 49 anos, que estava sentado à mesa do escritório. Ele teria percebido a aproximação dos bandidos e revidado com uma arma. Pelo menos sete tiros acertaram a porta de vidro espelhado, que ficou estilhaçada.

Vardevino foi baleado na perna e encaminhado ao Hospital do Trabalhador pelo sobrinho, que preferiu não esperar a chegada do Siate. Os pingos de sangue ficaram no chão do escritório.

Feridos
Testemunhas relataram que um dos assaltantes também foi ferido no peito. Ele e o outro marginal fugiram a pé, até a esquina com a Rua General Teodoro Guimarães, onde um comparsa os esperava de carro. A Polícia Militar fazia patrulhamento pela manhã à caça dos marginais, que teriam escapado pela Linha Verde. Até o início da tarde, não havia sinal do baleado.
No escritório, estavam ainda o filho e a cunhada do proprietário, que trabalham no local e imediatamente correram para uma sala nos fundos. "Não consegui ver nada", disse a cunhada de Vardevino, que é secretária da empresa e ficou ferida com um tiro de raspão na virilha.

FONTE: PARANA ONLINE

Postar um comentário