quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

(SP) Quadrilha rouba três carretas em apenas 24 horas em Fernandópolis,Votuporanga e Jales

A Polícia Civil investiga a ação de uma quadrilha especializada no roubo de cargas nas regiões de Votuporanga, Fernandópolis e Jales. Nos últimos sessenta dias, oito carretas foram roubadas.

Em 24 horas, três carretas foram levadas pelos ladrões na região. O prejuízo total às vítimas chega a R$ 2,4 milhões.

Na segunda-feira, um carregamento de minério avaliado em R$ 510 mil foi assaltado em Monte Aprazível. Os últimos casos foram registrados anteontem.

Dois motoristas de Palmares Paulista foram dominados perto de um posto de combustíveis na rodovia Euclides da Cunha (SP-320), em Votuporanga.

As vítimas foram levadas até Ouroeste, onde acabaram libertadas em um matagal. As carretas carregadas com milho e sal foram levadas. A polícia acredita que os veículos tenham seguido para Minas Gerais.

Segundo o delegado seccional de Votuporanga, Celso Reis Bento, a descoberta de um galpão utilizado como desmanche de caminhões na cidade, em maio deste ano, é indício da conexão da quadrilha com a cidade.

Três carretas desmontadas e partes de outros veículos foram apreendidas no desmanche clandestino. Uma pessoa acusada de ser “olheiro” do galpão da quadrilha foi presa.
Segundo o titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jales, Sebastião Biasi, dois integrantes de uma quadrilha foram presos no último dia 24. “Além desses, outros comparsas estão agindo”, disse.

A DIG investiga a ligação das quadrilhas da região com outros estados, mas o delegado não revela detalhes do esquema. De acordo com Biasi, o alvo dos assaltantes são os caminhões.
O valor de cada conjunto (cavalo mecânico e carroceria do veículo) varia entre R$ 200 mil e R$ 500 mil”, disse.

FONTE: REGIÃO NOROESTE

Postar um comentário