quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

(SP/RJ) Pneus roubados em SP são abandonados em Umuarama

image

Umuarama - Agentes da 7ª Subdivisão Policial (7ª SDP) de Umuarama apreenderam 140 pneus da marca Pirelli que estavam abandonados na Estrada Amarela, às margens da rodovia PR-323. Os acessórios foram localizados em duas ações distintas, realizadas nos últimos dez dias pelos policiais com a ajuda da comunidade. Os pneus faziam parte de um carregamento de quase 1000 produtos, que foram roubados em janeiro quando eram transportados a uma fábrica de carros, em São José dos Pinhais (SP).

Roubados no dia 19 de janeiro, os pneus foram abandonados em dois pontos da Estrada Amarela e localizados em um trabalho investigativo da Polícia Civil com a ajuda de denúncias anônimas. “No dia 10 de fevereiro, nós estávamos em diligências naquele local quando encontramos 48 pneus há 3 km do início da estrada. Oito dias depois, voltamos a apreender pneus com a ajuda de uma denúncia anônima, que nos levou até um ponto da estrada onde estavam outros 92 pneus, da mesma carga”, informou o superintendente da 7ª SDP, Milton Carlos Cinque.

A carga apreendida, avaliada em cerca de R$ 50 mil foi levada para um barracão da Polícia Civil e uma investigação sobre o caso foi iniciada. Através de um código existente nas bordas dos pneus, chamado de número dot os agentes descobriram que a carga havia sido desviada da fábrica da Pirelli num assalto. “Entramos em contato com polícia paulista e a própria Pirelli, onde fomos informados de um assalto registrado no mês passado onde 990 pneus foram roubados a caminho de uma montadora de veículos. Esses pneus seriam usados para a montagem de Vectras, Astras, Ômegas e caminhonetes”, informa.

Roubo - Segundo o boletim de ocorrência registrado no 97º Distrito Policial de São Paulo, o crime aconteceu de madrugada, há apenas 1 km da fábrica da Pirelli. “Chegou até o nosso conhecimento que um funcionário da empresa carregou uma carreta com quase 1000 pneus na unidade da Pirelli de Osasco. O motorista informou à polícia que não andou nem 1 km, e ao parar num semáforo foi surpreendido por dois homens que tinham nas mãos computadores portáteis. Segundo ele, os homens utilizaram de um comando em seus computadores e conseguiram destravar as portas do caminhão, rendendo-o em seguida com armas de fogo”, disse Cinque.
O caminhoneiro ficou sob a mira de revólveres enquanto a dupla assumia o comando de seu veículo. Em Guarulhos, a vítima foi libertada e os assaltantes seguiram viagem. Na noite do crime, o caminhoneiro recebeu a notícia de que o cavalo do caminhão havia sido abandonado na cidade de Osasco, onde aconteceu o crime. A carreta, porém, desapareceu junto com a carga.

Investigação – A Polícia de Umuarama trabalha em parceria com a polícia paulista para elucidar o crime envolvido de mistérios. “A polícia paulista busca desvendar o assalto ocorrido naquele Estado. Nós buscamos encontrar quer desovou esses produtos aqui e tentar encontrar o restante da carga. Para isso contamos com a colaboração da comunidade.

Quem tiver informações seguras de quem é o proprietário do veículo que desovou esses pneus ou quem pode estar com o restante dessa mercadoria pode entrar em contato com a Polícia Civil através do telefone 197”, concluiu o superintendente.

FONTE: UMUARAMA ILUSTRADO

Postar um comentário