sábado, 2 de abril de 2011

(RS) Batida entre ônibus e carreta deixa três mortos no RS

Acidente ocorreu na rodovia ERS 569 e deixou pelo menos outras 12 pessoas feridas.

A colisão frontal entre um ônibus e uma carreta entre o km 13 e o km 14 da rodovia ERS 569, na localidade de Linha Santa Terezinha, em Palmeira das Missões, município a 374 km de Porto Alegre (RS), causou a morte de três pessoas e deixou pelo menos outras 12 feridas. O acidente ocorreu no início da madrugada deste sábado (2).

No ônibus, viajavam estudantes da UPF (Universidade de Passo Fundo), que retornavam para Palmeira das Missões. O caminhão frigorífico, carregado com frutas, vinha no sentido contrário quando a colisão aconteceu. As informações são do Correio do Povo.

Os feridos, recolhidos em duas ambulâncias, foram levados para os hospitais de Palmeira das Missões, Sarandi e Passo Fundo. Três pessoas permanecem internadas. Paulo Roberto Brizola e Angela Schmidt Otero estão em atendimento no Hospital de Caridade de Palmeira das Missões e Valdir José Tobaldini está no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. Ele seria o motorista do ônibus, conforme informações do hospital.

O trânsito foi interrompido parcialmente para a perícia. Os policiais monitoram a passagem de veículos devido à neblina na região que dificulta o trabalho.
Também em Palmeira das Missões, no km 4 da BR 468, a colisão entre dois carros, provocou a morte de Luana Girardi, de 24 anos.

Em maio de 2009, um acidente muito semelhante ocorreu na RS 324, entre Passo Fundo e Marau, na região norte do Estado, e deixou 19 feridos. Um ônibus da empresa Vitória voltava para Marau com alunos da UPF. O veículo colidiu contra um caminhão Volvo, no km 99 da rodovia, na localidade de Burro Preto.

O coletivo, com 47 ocupantes, foi atingido na frente e na lateral esquerda. Com a batida, a carreta do caminhão, que estava vazia, tombou fora da pista. O motorista do Volvo ficou ferido, mas sem gravidade, assim como as demais vítimas. Oito pessoas ficaram internadas.

FONTE: R7 NOTICIAS

Postar um comentário