segunda-feira, 11 de abril de 2011

(AL) Morre terceira vítima de acidente entre Pajero e caminhão

Morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital da Santa Casa de Maceió a dona de casa Marluce Lopes da Rocha Silva, 47, que havia sido vítima de um acidente ocorrido em um trecho da rodovia AL-220, entre um automóvel Pajero preto, de placa MVE 0426/AL, que se chocou contra dois caminhões. No momento da colisão, morreram o pai e um irmão de Marluce, o sargento PM Mário Lopes, 37.

Segundo familiares, Marluce Lopes estava internada desde o dia 17 de março, quando ocorreu o acidente. Ela havia passado por cirurgias, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada desta segunda-feira (11). O sepultamento ocorre às 16 horas de hoje no cemitério Parque das Flores.

A Pajero colidiu de frente contra o último vagão de um caminhão de usina carregado de cana que saía de uma estrada vicinal e entrava na rodovia. Como o vagão estava sem iluminação, o sargento Mário Lopes, que conduzia a caminhonete, não teve tempo para frear.

Um caminhão carregado de laranjas que vinha logo em seguida também não conseguiu parar e colidiu contra a traseira da Pajero.

Os ocupantes da Pajero voltavam de Arapiraca, onde tinham ido assistir à partida em que o CSA perdeu para o ASA por 3x0, pelo Campeonato Alagoano.

FONTE: CORREIO DO POVO

Postar um comentário