sexta-feira, 11 de novembro de 2011

(SP) Rodoanel terá o triplo de radares

Quantidade de equipamentos vai aumentar de 8 para 24 até março. Objetivo é reduzir acidentes provocados por excesso de velocidade.

Para tentar diminuir o número de acidentes provocados pelo excesso de velocidade no trecho Sul do Rodoanel, a SPMar, empresa que administra a rodovia, vai triplicar o número de radares de velocidade.

Atualmente, a rodovia possui oito equipamentos instalados para flagrar os motoristas que trafegam acima do limite de 100 km/h. Até março, a via ganhará mais 16 aparelhos – dez móveis e seis fixos.

Por causa dos furtos de cabos que derrubam a energia na via, os novos radares funcionarão com geradores e energia solar. Quanto todos os equipamentos estiverem funcionando, a rodovia contará com um aparelho a cada 2,7 km. A multa por excesso de velocidade varia entre R$ 85,13 e R$ 574,62.

Além dos novos radares, a concessionária também promete aumentar de nove para 43 o número de câmeras de segurança.

Inaugurado, no dia 10 de abril do ano passado, a um custo aproximado de R$ 5 bilhões, o trecho Sul enfrenta problemas desde a abertura. O trecho mais problemático fica entre a rodovia Anchieta e a cidade de Mauá (Grande SP), perto do km 81. Nesse local ocorreram pelo menos dois acidentes devido a aquaplanagem.

Já foram feitas obras para resolver esse problema, mas é preciso esperar a época de chuvas para saber se elas surtiram efeito.

“Com mais radares e câmeras, esperamos reduzir a média de dois acidentes por dia", diz o diretor de engenharia da SPMar, José Carlos Britto Pereira.

FONTE: BAND NOTICIAS

Postar um comentário