quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

(SP) Roubo de carga cresce 10% no Vale do Paraíba e assusta caminhoneiros

image

Taubaté, São José dos Campos e Jacareí concentram a maior parte dos casos.

Os caminhoneiros que trafegam pela região levam, de carona, uma companhia nada agradável: a insegurança. O número de ocorrências de roubo de carga cresceu 10% no Vale do Paraíba, em 2011.

Eles levam grande parte da economia do país. Por isso, vivem no foco de quadrilhas especializadas. Quem é caminhoneiro, também carrega o medo por onde anda. "A gente fica muito inseguro, porque é uma caixinha de surpresa. Você está sendo honesto contigo, mas você não sabe o que é que tem em volta de você", disse o motorista Claudemar Callegari.

Apenas no ano passado, foram registradas 65 ocorrências de roubo de carga na região. 10% a mais do que em 2010, quando 59 foram roubados. Em Taubaté, foram 5 casos. Em São José dos Campos, 9. E em Jacareí, impressionantes 28.

Para o Sindicato de Empresas de Transporte de Cargas do Vale do Paraíba, foi a localização da cidade que transformou Jacareí em campeã dos índices. "Jacareí está em um centro estratégico, porque você tem a Tamoios, você tem a Dom Pedro, você tem a Dutra, tem a Ayrton Senna, a Carvalho Pinto. Você tem várias rodovias que dão fuga rápida da região”, explicou o presidente do Sindivapa, Laércio Lourenço.

Para combater esse tipo de crime, a polícia rodoviária aposta no reforço das rondas. Em janeiro desse ano, três integrantes de uma quadrilha que agia na região de Taubaté foram presos. "Geralmente agem em grupos. Um ou dois veículos, com poder de fogo, armamento pesado na maioria das vezes, para o motorista parar o veículo", disse o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Valdiwilson Santos.

Mas, o perigo não está apenas nas rodovias. E sim às margens delas. É nesse momento que as quadrilhas costumam agir. Quando os caminhoneiros estão estacionados em postos de combustíveis, as margens da estrada, descansando.

Normalmente, os grupos procuram estabelecimentos onde não há vigilância. "Eu já fui assaltado duas vezes em pátio de posto, e ninguém viu, ninguém sabe nada", disse o motorista Claudemar Callegari.

O inspetor da PRF alerta. "É até uma recomendação nossa que os motoristas parem em postos geralmente fiscalizados com câmeras e também segurança particular."

Dicas que parecem simples. E que podem garantir uma viagem tranquila. No mês de janeiro, foram 7 ocorrências de roubo de carga na região. três em São José dos Campos e uma em Jacareí. Os outros casos foram em Pindamonhangaba, São Sebastião e Guaratinguetá.

FONTE: VNEWS

Postar um comentário