terça-feira, 1 de maio de 2012

(SC) Quadrilha troca tiros com a PM e dois ladrões são presos em Arapongas

Dois assaltantes foram presos por policiais militares de Arapongas, por volta das 2 horas da madrugada desta sexta-feira (27), quando roubavam duas carretas da cidade de Chapecó (SC). Os motoristas dos veículo de carga eram mantidos reféns por um criminoso de Ivaiporã, dentro de uma das carretas, nas imediações do Posto Malaquias, à margem da PR-444 (Rodovia Hermínio Penacchi). Houve troca de tiros, mas os profissionais do volante foram libertados pela polícia sem qualquer tipo de lesão.

A PM de Arapongas foi avisada sobre o roubo por uma empresa de monitoramento de São Paulo. Uma equipe de Rádio Patrulha se deslocou até o Posto Malaquias e surpreendeu quatro bandidos, que ao avistarem a viatura policial, empreenderam fuga correndo para um matagal e realizando disparos contra a equipe da PM.  Os policiais revidaram, porém nenhum dos disparos atingiu a viatura e nem os PMs e suspeitos. Em seguida foi realizado cerco em matagal, com apoio de equipes do 15º BPM de Rolândia.

"No local a PM prendeu Donizete Ventura, de 40 anos, oriundo de Ivaiporã. Ele matinha os caminhoneiros José Morácio Martins e Valdemir Antonio Frillich, sob cárcere privado mediante ameaça, dentro de uma das carretas, enquanto o restante do bando fazia a guarda e desmontava o sistema de rastreamento das  duas carretas. Os motoristas dos veículos de carga foram libertados sem qualquer ferimento", afirmou o tenente Vilson Laurentino da Silva.

O oficial da PM acrescentou que durante a abordagem de Donizete também foi possível realizar a prisão de Jean Charles Ribeiro, de 33 anos, procedente da cidade de Itu (SP). A polícia supõe que ele integre a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), muito temida pela truculência de suas ações.

"Jean e os comparsas estavam com uma outra carreta, com placas cavalo KEC 7487 e carreta placas BWZ 0034, ambas de Itu SP, que também foi apreendida e encaminhada até a 30ª Delegacia de Polícia Civil (DRP) de Arapongas, que supostamente seria usada em apoio para transportar a carga roubada. Apuramos ainda que além dos caminhões, a quadrilha estaria interessada em uma carga de salmão oriunda do Chile, mas erraram as carretas pois as mesmas estariam carregadas de uvas finas oriundas daquele mesmo país", completou o tenente Vilson Laurentino da Silva.

FONTE: TN ONLINE

“N. DO A.PRA QUE DIZ QUE GR OU RASTREAMENTO NÃO RESOLVE”

Postar um comentário