terça-feira, 29 de maio de 2012

(PR) Trabalho da polícia desbaratou crimes avaliados em mais de R$ 100 milhões

Em 15 meses de atuação, 317 suspeitos foram presos nos mais variados casos investigados pela especializada.

Crimes avaliados em aproximadamente R$ 100 milhões e a prisão 317 suspeitos em diversos estados do país são o resultado dos trabalhos realizados pela Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) do Paraná em 15 meses de atuação. Durante o período de janeiro de 2011 a maio de 2012, a unidade desmantelou quadrilhas com ramificações internacionais, recuperou 57 cargas roubadas, além de fuzis e granadas.

Dentre as ações mais importantes realizadas pela DEDC no período estão a “Operação Ilusão de Ótica”, partes I e II, que desarticulou uma quadrilha que fraudou o fisco em mais de R$ 50 milhões. No total, a unidade cumpriu 130 mandados de busca e apreensão e 55 pessoas foram presas nos estados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. Entre os detidos estava um ex-deputado federal e um empresário chinês que movimentava o dinheiro do bando no exterior.

Outro grande trabalho realizado pela unidade foi o desmantelamento de uma quadrilha responsável por mais de 50 assaltos a caminhões em Curitiba e Região Metropolitana. A “Operação Cristóvão” prendeu 12 pessoas e recuperou diversas cargas de cigarros e calçados.

A investigação sobre fraudes em alvarás judiciais levou à DEDC acabar com uma quadrilha que tinha como membro um funcionário do Judiciário e um advogado. O bando falsificava alvarás judiciais, se apropriando de aproximadamente R$ 1 milhão de que estava sob a tutela do Estado. No total foram presas sete pessoas.

Um trabalho de inteligência da delegacia levou à descoberta de um esquema liderado pela filha de uma apresentadora de programa de televisão, que comprava carros com cheques fraudulentos e depois os revendia. No total, a quadrilha conseguiu aproximadamente R$ 3 milhões e mais de 100 pessoas foram lesadas pelo golpe.

O delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, enaltece o trabalho realizado pela delegacia neste período. “É um trabalho espetacular feito pela equipe da DEDC que, mesmo com as dificuldades enfrentadas, realizou grandes ações no combate à criminalidade”, disse ele.

Segundo o delegado responsável pela unidade, Cassiano Lourenço Aufiero, o sucesso da delegacia é decorrente de uma forte trabalho investigativo. “Estas ações são decorrentes grandes investigações, que levaram a um rígido combate aos crimes relacionados ao estelionato e desvio de cargas no estado”, esclarece.

Ainda segundo o delegado, a DEDC vem realizando reuniões regulares com a Junta Comercial do Estado do Paraná, além de sindicatos e diretoria de grandes empresas como forma de criar e fortalecer parcerias no combate à criminalidade.

Outro foco do trabalho da unidade é o combate ao roubo de cargas, especialmente em Curitiba e região metropolitana. Na madrugada de sexta-feira (18) uma equipe da delegacia conseguiu interceptar no contorno sul, saída para Joinville, uma carga de cinco toneladas de carne que estava em um caminhão roubado no pátio do posto Brasília na BR-116. “A DEDC vai trabalhar pesado para coibir o roubo de cargas na região de Curitiba”, diz Aufiero.

FONTE: BEM PARANÁ

Postar um comentário