quinta-feira, 4 de agosto de 2011

(SP) Trio faz reféns em tentativa de roubo de carga em Araraquara

Na fuga, grupo passou por rodovias de ao menos cinco municípios da Região.

Um grupo formado por ao menos três assaltantes movimentou a Polícia da Região na madrugada de ontem ao tentar roubar uma carga de medicamentos e fraldas avaliada em R$ 400 mil.

Eles foram denunciados durante a transferência da carga e abandonaram o material, mas ameaçaram um policial rodoviário, fugiram por rodovias de ao menos cinco cidades e fizeram quase dez reféns.

A ação começou no início da madrugada na Rodovia Washington Luís (SP-310), em Ibaté.

Armados, os assaltantes emparelharam um Vectra roubado, ano 2010, com placas de Americana, e forçaram o motorista de 31 anos a encostar o caminhão Volkswagen, modelo 8.150, de São Carlos.

O caminhoneiro foi obrigado a entrar no meio de um canavial e viu os ladrões arrombarem a carroceria para transferir a carga.

O plano dos assaltantes era passar a carga, que iria de São Carlos para São José do Rio Preto, para o caminhão do grupo, do mesmo modelo, com placas de Americana, roubado no dia 16 de julho.

Mas a mudança do material acionou o alarme de segurança. A Polícia Rodoviária (PR) foi avisada da localização aproximada do veículo com os medicamentos e seguiu para o local.

Provavelmente utilizando um radiocomunicador ligado na frequência da Polícia, os assaltantes ouviram o chamado e desistiram do assalto.

O caminhão da empresa distribuidora de remédios foi deixado no meio do canavial com os produtos.

O caminhão de Americana foi visto por um policial saindo do canavial, acompanhado do Vectra. Ele não viu a placa, mas, como o modelo era igual ao roubado anteriormente, deu sinal de luz para o motorista estacionar.

A ordem não foi obedecida e os assaltantes ainda ameaçaram atirar. O soldado recuou e pediu apoio.

A fuga seguiu e o caminhão foi abandonado na entrada de um carreador de cana. Os assaltantes fugiram levando o motorista, morador de São Carlos, como refém.

Um cerco foi montado em uma fuga alucinada. Dirigindo em alta velocidade, os criminosos foram vistos na Vicinal Graciano da Ressurreição Affonso, em Silvânia, e seguiram pela Rodovia Brigadeiro Faria Lima, em Matão.

Em um acesso já na cidade de Nova Europa, o carro caiu em um barranco.

À Polícia Civil, o motorista contou que os três criminosos o retiraram do carro e, a pé, no meio de uma pista, pararam uma perua Kombi, com oito funcionários de uma usina.

Todos foram rendidos e, fazendo uma série de ameaças, os assaltantes os forçaram a seguir viagem.

Eles abasteceram a Kombi e dirigiram novamente pela Rodovia Washington Luís. Os ocupantes do veículo foram abandonados no trevo próximo a Itirapina. O trio fugiu sem ser identificado.

FONTE: PORTAL TERNURA

Postar um comentário