quinta-feira, 21 de outubro de 2010

(SP) Funcionários simulam roubo em empresa em SP e tentam revender mercadorias

Um ajudante e um motorista de uma fornecedora de materiais de escritório foram presos na madrugada de quarta-feira (20) no Grajaú (zona sul de São Paulo) sob suspeita de simular um roubo de carga da empresa em que trabalham para tentar revender os produtos.

Os dois chegaram a registrar um boletim de ocorrência alertando sobre o roubo. Em seguida, segundo a polícia, se apropriaram dos produtos e os venderam a um comércio.

A polícia descobriu o caso porque alguém fez uma denúncia de que os dois --o motorista e o ajudante-- estavam descarregando material supostamente ilícito em um depósito.

Quando chegaram ao local, os dois suspeitos não estavam e as portas do depósito estavam fechadas.

A polícia procurou então o dono do comércio que receberia a mercadoria. Ele contou que tinha comprado os produtos e que o vendedor lhe entregou as notas fiscais. As notas, no entanto, estavam endereçadas a outra pessoa.

O ajudante e o motorista foram identificados pelo livro de funcionários da empresa. Ao serem encontrados pela polícia, eles confessaram o crime e disseram que queriam "levantar algum dinheiro".

As mercadorias foram apreendidas e devolvidas à empresa vítima.

FONTE: Folha

Postar um comentário